Yes Wedding

O site YW está em manutenção por conta da nova versão e em breve o login estará normalizado. Obrigada pela compreensão

  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Pinterest
O Yes Wedding tem o maior prazer em receber suas sugestões, opiniões e comentários. Quanto as dúvidas individuais, conforme formos recebendo, tentaremos transformá-las em pautas de matérias futuras. Obrigada e volte sempre!

Contato

contato@yeswedding.com.br
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Pinterest

Matérias

L2Filmes: especialista em destination wedding

21/08/2015

  • Recordação para o resto da vida

  • Instantes perfeitos

  • Divulgação

    Momentos inesquecíveis

  • Romário Lopes e sua esposa Josie Lopes

  • Casamento na Costa Amalfitana, na Itália, com o Mar Mediterrâneo ao fundo

   Uma das tendências de mercado de casamentos é dizer o sim para seu grande amor em um local bem longe de casa. De preferência, em um cenário paradisíaco, à beira-mar ou em meio a belas montanhas, onde os anfitriões e convidados possam curtir muito mais que o tempo estabelecido entre o início da cerimônia e o fim da festa.

   Mas, como organizar tudo à distância? Os custos não são muito maiores? Como eternizar tantas lembranças? Para tirar algumas dúvidas sobre destination wedding, entrevistamos Romário Lopes, da L2 Filmes, produtora brasileira que mais faz filmes desse tipo. À procura por eles é tanta que abriram até filial em Paris, para ficar mais perto dos lindos destinos europeus. Já está sonhando com essa viagem mais do que especial? Confira as dicas do expert no bate-papo abaixo.

   YES WEDDING - Vocês são a produtora brasileira que mais faz filmes de destination wedding. Qual as razões de conquistarem os casamentos com esse perfil?

   L2 Filmes - Para se destacar no mercado é preciso trabalhar aliando a técnica com a sensibilidade. Outra característica muito importante é conhecer bem o local onde o casamento é realizado, seus costumes e principais lugares, para podermos inserir a cultura local no filme. Em todos os países nos quais já filmamos fizemos uma apurada visita técnica para identificarmos a posição do sol, a melhor luz e os horários adequados para filmar. Desta forma, a beleza típica é explorada ao máximo.

   YW - Por que decidiram colocar a filial da L2 em Paris?

   L2 - Sentimos necessidade de ter uma filial por conta da grande demanda de casamentos na cidade luz. Através de um amigo e sócio francês, que cuida da parte administrativa em Paris, fechamos os contratos dos casamentos por lá. Começamos cobrindo bastante festas de brasileiros, e hoje somos requisitados também para filmarmos casamentos de estrangeiros. 

   YW - Quantos destination weddings costumam fazer por ano?

  L2- Nos últimos 3 anos fizemos aproximadamente 30 destination weddings. Acontece de recusarmos muitos casamentos lá fora por causa da grande demanda nacional. Por isso, nos limitamos a realizar em média 10 casamentos por ano no exterior.

   YW - O que não pode faltar em um filme de destination wedding?

   L2 - Amor, emoção e a beleza do local. Os destination weddings nos proporcionam imagens dos familiares e amigos mais descontraídos e à vontade do que nos casamentos no Brasil. A emoção por estar em um local mágico, rodeados de pessoas que os amam, tornam o momento ainda mais especial para os noivos. Nossa principal função é eternizá-lo através do nosso olhar.

   YW - Quais as principais diferenças entre um filme de destination wedding e o tradicional?

   L2 Primeiro, a captação das imagens dura vários dias. Fazemos imagens utilizando recursos artísticos. É necessário também combinarmos a história do casamento com o cenário, além de filmarmos ensaios e imagens dos apaixonados em pontos da cidade. Assim, a cultura e a beleza típicas ganham destaque.

   YW - Quais as maiores dificuldades que você vê as noivas passarem para organizar um destination wedding?

   L2 – Acho que a principal dificuldade é o conflito cultural. Por mais incrível que pareça, as noivas brasileiras são bem exigentes e, muitas vezes, tem um gosto mais elaborado que as europeias. Para auxiliá-las, recomendo contratarem uma wedding planner brasileira, que conheça bem a cultura local. Ela vai dar todo o suporte nestes conflitos, que são muitos.

   YW - Já no destino do casamento, que cuidados o casal deve ter antes do sim?

   L2 - Para tudo sair como sonhado, reforço a necessidade de uma boa wedding planner, além de concierge e planejamento detalhado e afinado do evento.

   YW - Que outras dicas pode dar para os casais que sonham casar nesse estilo?

   L2 - A contratação de fornecedores que entendam a exigência e o sonho deles. Visitar o local antes é essencial. A contratação de uma excelente equipe de foto e filme, pois o que fica são as recordações eternizadas por estes profissionais. Enviar convites com antecedência, para que os convidados planejem a viagem. Pesquisar o clima para, se preciso, fazer um plano B em caso de tempo instável. Na Europa, eles não sabem lidar com imprevistos como nós.

   YW-O que implica, em termos de custo, levar um film maker do Brasil para a cobertura do casamento no exterior?

   L2 - Em Paris, não cobramos hospedagem, pois temos um apartamento por lá. Os outros custos são passagens e logística. Muitas vezes, também já viajamos por temporada e ficamos na Europa por meses. Nesses casos, não repassamos estes custos aos clientes. O orçamento é bem aceito, pois o filme ganha um valor ainda maior no caso de um destination wedding. Afinal, muitos amigos que não puderam ir, vão conferir a cerimônia somente depois, através das imagens.

   YW - Quais os filmes de destination wedding mais marcantes que já fizeram?

   L2 - Lembramos com muito carinho de um casamento na Costa Amalfitana, na Itália, com o Mar Mediterrâneo ao fundo. Era tanta beleza e emoção que todos estavam arrepiados. Depois da cerimônia, captamos imagens dos noivos na Ilha de Capri. Este foi, inclusive, um dos filmes escolhidos para ser exibido em programas do GNT. Outro que marcou bastante aconteceu em pleno Natal, em um famoso hotel de luxo de Paris. As luzes, a decoração do badalado Jeff Leatham e o clima natalino tornaram tudo mais especial. Recentemente, em Firenze, na Itália, filmamos o quarto casamento na mesma família. A beleza da cidade, da igreja e do hotel escolhido para recepção formaram uma união mágica. Ficamos encantados também ao ver a banda londrina contagiar os 200 convidados brasileiros na pista. Já estamos ansiosos para os próximos, que serão na Itália, em Paris e em Londres.

   YW - Quais os maiores desafios que a empresa já enfrentou para fazer um filme?

   L2 - Há alguns anos, uma bagagem com equipamentos foi extraviada. Tivemos que alugar alguns itens em uma produtora local. Com muito esforço, deu tudo certo. Hoje, nossos equipamentos principais já ficam em nossa filial em Paris e sempre viajamos bem antes do casamento, com um plano B já organizado.

   YW - Que destinos estão em alta?

   L2 - A França sempre é uma boa escolha, pois tem hotéis e castelos belíssimos. Em Londres, vejo requinte e serviços mais elaborados do que em outros países. Na Costa Amalfitana e região da Toscana encontramos lugares maravilhosos, e que hoje são os mais procurados por brasileiros.

   YW - E quais lugares, não tão comuns, você indica, levando em conta o cenário para um filme?

   L2 - Portugal, Espanha e Grécia não são tão procurados por brasileiros, mas podem sair mais em conta que outros países, além de terem locais ótimos para um destination wedding.

   Para falar com a L2Filmes, clique AQUI.

Você também
pode gostar de...

Antena Yes

10 lugares para um...

Já pensou em transformar a celebração...

Antena Yes

Dica da Noiva: Se...

Foi em um encantador destination wedding...

Antena Yes

Karmita Medeiros: dica para...

Olá casais, leitores e apaixonados que...